Frigidez feminina. O que é? Como Tratar? Tem Cura?

A frigidez é a falta de desejo sexual, causado pela diminuição da libido nas mulheres. Com um apetite sexual baixo, elas dificilmente se entregam na cama e podem deixar de curtir muito das suas experiências sexuais na hora H que poderiam ser muito bem aproveitadas. A maioria das pessoas que sofre com frigidez nem se dá conta disso.

Hoje vamos falar mais sobre a frigidez feminina, as principais causas desse problema. Veja aqui se ele tem cura e o que é possível fazer para reacender a chama da paixão. Afinal, uma vida sexual ativa e saudável é muito importante para a mulher e para manter um relacionamento em dia.

O que é a frigidez?

frigidez feminina

É denominado frigidez feminina quando uma mulher não sente muito tesão para iniciar uma relação sexual, faltando lhe a vontade de fazer sexo. Outras vezes a mulher inicia as relações sexuais mas não tem respostas satisfatórias sobre o seu prazer. São consideradas “frias” e falta para elas a excitação sexual.

O problema pode abranger a dificuldade de atingir orgasmos ou até mesmo a falta de vontade de iniciar uma relação sexual, porém as condições apesar de serem diferentes entre si, costumam  ocorrer em conjunto. Pode ser comparada à disfunção sexual masculina, porém nas mulheres.

Causas

As causas podem ser variadas. Primeiro é preciso fazer exame para eliminar a possibilidade de problemas físicos que interfiram no prazer e afetem o clitóris. São eles problemas de vascularização, infecções e até problemas neurológicos. Problemas endócrinos relacionados à gestação, tumores e problemas da tireóide também podem afetar o prazer.

Outros problemas podem ser considerados, como tabagismo, consumo excessivo de álcool, medicações, uso de drogas recreativas e pressão alta podem resultar na frigidez feminina.

falta libido

Além da causa física, o problema pode estar associado à fatores emocionais. Exemplo disso são a depressão, uma relação não saudável com o parceiro sexual, experiências traumáticas relacionada ao sexo, ansiedade, medo de engravidar são apenas alguns dos exemplos. Não é só a saúde física que interfere na libido, mas estar com o psicológico afetado também pode resultar na dificuldade de ter orgasmos e no apetite sexual.

Fatores sociais podem fazer com que a mulher tenha mais dificuldade em sentir-se à vontade na cama. O ensinamento sobre sexo, como uma educação muito rígida e religiosa podem interferir durante toda a vida adulta. Isso irá dificultar que a mulher se solte na hora H e fará com que seja mais difícil alcançar o clímax ou até mesmo iniciar relações apenas pelo prazer.

Existe tratamento para a frigidez feminina?

Não há uma cura específica para tratar a frigidez feminina, também chamada de disfunção sexual. Algum médicos tem estudado tratamentos com o Viagra e com testosterona, o hormônio sexual. Porém, até agora os resultados são duvidosos.

Outra opção é fazer uso de suplementos estimulantes sexuais, que contém plantas afrodisíacos e ervas conhecidas na medicina popular para tratar a falta de libido. Eles podem propor uma melhora na vida sexual das mulheres.

Os médicos tem dificuldades em ministrar nas mulheres os tratamentos já aprovados pelo público masculino, pela falta de resultados. Em muitos casos, tratamentos psicológicos podem melhorar os sintomas, desde que eles estejam causando a frigidez feminina.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply