Punheta – Vantagens e Desvantagens da Masturbação Masculina

Quero começar esse texto com uma pergunta importante? Você está satisfeito com seu desempenho na cama? Que tal ter uma transa AINDA MAIS LONGA? O segredo está aqui ► Clique enquanto ainda está no ar…

Até que ponto bater punheta faz bem? Que a prática é boa não há dúvidas, mas não é de hoje que se discute como este hábito comum entre homens pode afetar a relação e até a própria saúde. De uma forma geral, a masturbação masculina tem mais vantagens que desvantagens, desde que usada sabiamente.

Para te ajudar a reconhecer se a sua masturbação está te fazendo bem ou não aqui segue um manual completo com as vantagens e desvantagens da punheta, pensadas tanto para o ponto de vista médico quanto o social e psicológico. Afinal, você não vai querer que isso seja motivo para prejudicar sua vida sexual ou relacionamento, não é mesmo?

Vantagens da punheta

Do ponto de vista médico, a masturbação entre os homens tem mais pontos positivos que negativos. Muitos benefícios foram comprovados cientificamente e mostraram como sociedades antigas que consideravam este ato imoral estão enganadas.

punheta vantagens e desvantagens

1 – Fortalece o sistema imunológico

De acordo com um artigo publicado na Sexual and Relationship Therapy, os homens que se masturbam tem um sistema imunológico mais forte. Isso acontece porque, a estimulação dos dutos seminais liberam o sêmen com certa regularidade, evitando a infecção por bactérias.  Também foi constatado no estudo, que ter orgasmos com frequência aumenta os níveis de imunoglobulina, um tipo de anticorpo.

Outra pesquisa, realizada pela Cancer Epidemiology Centre de Melbourne mostra que os homens com idade entre 20 a 50 que se masturbaram mais de cinco vezes na semana tem menores chances de desenvolver câncer. A resposta considerada pelos médicos é a de que o estímulo aos órgãos sexuais evita o acúmulo de líquidos e retarda o envelhecimento das células.

2 – Ajuda a conhecer o próprio corpo

A prática da masturbação, sobretudo na adolescência e juventude, ajuda o homem a conhecer o próprio corpo. Com a prática começa a descobrir que movimentos gosta mais, quais são as regiões mais sensíveis, quanto tempo costuma demorar para atingir o orgasmos, entre vários outros aspectos que podem ser utilizados de forma favorável, posteriormente, durante relações sexuais.

No entanto, é preciso tomar cuidado, pois o excesso de punheta entre os adolescentes pode causar ejaculação precoce quando chegam na vida adulta.

3 – Te faz durar mais tempo durante o sexo

Para quem sofre de ejaculação precoce, bater punheta ajuda a durar mais tempo na relação sexual. Naqueles dias em que sabe que haverá alguma coisa recomenda-se se masturbar algum tempo antes, assim, quando chegar na hora H não terá tanta necessidade de atingir o orgasmos e se sentirá mais confortável para gastar mais tempo nas preliminares e com o corpo da parceira.

Isso também é válido ao pensar em uma perspectiva a longo prazo. Homens que ficam muito tempo sem transar e sem se masturbar ficam com os músculos pélvicos enfraquecidos, o que pode prejudicar a qualidade do sexo. A masturbação garante que os órgãos estejam sempre funcionando sem perda de desempenho.

4 – Melhora o sono e o humor

Uma das formas de tratar a insônia nos homens é com a masturbação. Isso acontece porque o orgasmo libera uma série de endorfinas e hormônios que ajudam a deixar o corpo relaxado e tranquilizado – uma situação ideal para que o sono ocorra.

Não é só o sono que melhora, mas é comprovado que os homens que se masturbam com frequência são mais bem-humorados. Estes não dependem da relação sexual em si para se sentir animados – afinal, independente se há penetração ou não o orgasmo provoca a liberação de cetacolaminas que rebaixam os níveis de estresse.

5 – Pode melhorar o relacionamento

Entre casais, a masturbação masculina pode ser benéfica de várias formas. Além de ajudar o homem a durar mais tempo na cama e conseguir gastar mais tempo nas preliminares (um desejo de grande parte das mulheres), a prática também alimenta a intimidade do casal.

A masturbação serve para alimentar fantasias, estimular o pensamento sexual e não precisa ser feito necessariamente sozinho. Quando a parceira ajuda neste processo ajuda passa a conhecer mais o corpo do homem e também elimina alguns tabus sobre a prática.

Desvantagens da punheta – Faz mal?

Como visto, a masturbação tem vários benefícios para a saúde. É preciso reconsiderá-la quando algum dos tópicos abaixo são observados. Nestes casos não é preciso parar completo com a prática, mas reduzi-la.

masturbação masculina

1 – Te faz gastar muita energia e prejudica seus afazeres

Não existe nenhum estudo médico que diga que bater punheta 3 ou 5 vezes por dia faça mal ou seja mais prejudicial do que quem dedica somente uma na semana. No entanto, do ponto de vista psicológico, sabe-se que a prática excessiva te faz gastar muita energia com a busca pelo prazer e acaba te tirando o tempo que poderia ser gasto com os estudos, trabalhos e outros afazeres.

Como mostrado acima, esta prática libera uma série de hormônios e substâncias que deixam o corpo relaxado e com sensação de sonolência. Quem se masturba muitas vezes por dia, consequentemente fica mais debilitado para outras funções.

2 – Masturbação excessiva pode prejudicar a relação

A redução do libido não é alterada pela masturbação. O desejo sexual pode sempre ser renovado, se houver estímulo. No entanto, a masturbação causa sim gasto de energia e tempo do homem e, quando excessiva, pode ser motivo para que deixe de querer ter uma relação sexual – não por falta de vontade, mas sim energias.

É mentira que economizar punheta vai te deixar mais fogoso na cama, mas também seria mentira dizer que a prática excessiva da masturbação não pode ser um fator que fará com que o homem perca o pique.

3 – Pode causar feridas e aumentar a sensibilidade

Bater muitas punhetas ao dia faz com que a pele do pênis possa ter algumas feridas por conta da fricção. Nestas situação, se não forem tratadas adequadamente ou o homem insistir em novas masturbações, poderá causar infecções por bactérias e pequenos processos inflamatórios. Para que isso seja evitado, recomenda-se usar lubrificantes durante o processo.

Como visto, o que diferente entre a punheta masculina ser algo bom ou ruim é a dosagem e o bom senso. O prazer sexual nunca deve ser limitado e nem demonizado – ele preserva a saúde, o bom humor e o bom desempenho!


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votes, average: 4,60 out of 5)
Loading...

Leave a Reply